Contato: (65) 0000-0000 | falecom@icaracol.org.br

O Instituto

História

O Instituto Caracol, também designado como ICaracol, é uma associação civil, com caráter socioambientalista, sem fins lucrativos, essencialmente democrática, sem vinculação política ou partidária, nem distinção de credo, raça, etnia, classe, orientação sexual e gênero.

Nascido no ano de 2008, foi gestado com o propósito de instrumentalizar e apoiar a militância ambiental e, complementarmente, oxigenar seus fazeres com pesquisas na perspectiva de processos de construção de educação ambiental popular.

Tendo em vista seu caráter socioambiental, o ICaracol adota como princípios e valores a conservação e preservação da natureza, a valorização e respeito às diversidades biológicas e as diferenças culturais e étnicas, o reconhecimento dos múltiplos saberes, o respeito às comunidades biorregionais, o respeito aos direitos da fauna e flora; o repúdio aos preconceitos e discriminações de qualquer natureza; a garantia da justiça ambiental e a emergência de um compromisso coletivo de fortalecimento dos direitos humanos e da Terra, que evidenciem seres mais comprometidos e solidários na luta pela proteção ecológica e pela vida com mais dignidade para todos os povos.

O ICaracol, elo da Rede Mato-grossense de Educação Ambiental (Remtea) e filiado ao Fórum de Meio Ambiente e Desenvolvimento (Formad) busca se envolver e desenvolver trabalhos que garantam a promoção da justiça ambiental, direitos humanos e diversidade ecológica. Para isso, é parceiro do Grupo Pesquisador em Educação Ambiental, Comunicação e Arte (GPEA) na realização de diversos projetos, dentre eles o Projeto de Mapeamento Social de Mato Grosso, Rede de Justiça Climática, Processo Formativo em Educação Ambiental: Escolas Sustentáveis e Com-Vida com o apoio de diversos parceiros.

Nossa missão

  • Promover e incentivar a educação ambiental;
  • Promover e incentivar a arte/educação/ambiental;
  • Contribuir para a construção de sociedades sustentáveis;
  • Promover e incentivar a formação de educadores ambientais;
  • Promover, divulgar e incentivar projetos, estudos, pesquisas, intercâmbios e atividades relacionados as questões socioambientais;
  • Promover, incentivar e fornecer estrutura para que o voluntariado seja cada vez mais praticado pela sociedade brasileira;
  • Criar, estimular e articular redes e coletivos relacionados as questões socioambientais;
  • Estimular a parceria, o diálogo local e solidariedade entre os diferentes segmentos socioambientais, participando junto a outras entidades de atividades que visem interesses comuns;
  • Promover a luta pela justiça ambiental, proteção ecológica, dignidade, ética, cidadania, direitos humanos, democracia e outros valores universais;
  • Estudar e propor novas leis e mecanismos de proteção do patrimônio natural, histórico, artístico e cultural;
  • Incentivar a criação e proteção das Unidades de Conservação;
  • Denunciar sistematicamente à opinião pública toda ação que venha a comprometer a qualidade do meio ambiente e as condições de saúde da população;
  • Participar ativamente no fortalecimento da sociedade civil;
  • Contribuir para a implementação de políticas públicas na área de meio ambiente;
  • Velar pelo cumprimento da política e da legislação vigente em defesa do meio ambiente;
  • Incentivar e valorizar as ações comunitárias, participativas e solidárias.
Back to Top